68% DOS PARAIBANOS ESTÃO LONGE DE SEREM ATENDIDOS POR REDE DE ESGOTO

09:04 Fagner Soares 0Comentários

Em 2014, mais de 2,7 milhões de paraibanos não tinham acesso a esgotamento sanitário, o que representa 68,6% da população do estado. Os dados fazem parte da 20ª edição do Diagnóstico dos Serviços de Água e Esgotos, publicado nesta terça-feira (16). No mesmo levantamento consta que 943.210 paraibanos não tinham abastecimento de água, um percentual de quase 24% do total de habitantes, que segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) é de 3.944 milhões.

Saneamento básico é o tema da Campanha da Fraternidade esse ano.

De acordo com o estudo, apenas 1.235.444 paraibanos têm acesso a rede coletora de esgoto, sendo que desses somente 1.208.499 estão localizados na área urbana. Já os serviços de abastecimento de água atendem um número maior da população. Conforme a pesquisa, 3.000.790 pessoas são atendidas e, dessas, 2.788.728 vivem na área urbana.

De acordo com o estudo, que buscou informações sobre o abastecimento de água em 5.114 municípios e sobre rede de esgoto em 4.030 cidades, apenas 63 cidades da Paraíba, de um total de 230, eram atendidas com esgotamento sanitário e 193 com abastecimento de água.

A realidade no Brasil
Em todo o Brasil, 156,4 milhões de brasileiros que vivem em áreas urbanas tinham acesso à rede pública de abastecimento de água. O número representa 93% dos moradores das cidades do país. Na área de saneamento, 96,8 milhões eram atendidos por redes coletoras de esgoto, o que significa 57,6% da população urbana.

Em 2014, mais de 2,4 milhões de habitantes foram incluídos no serviço de abastecimento de água e 3,5 milhões passaram a ter acesso a saneamento. Segundo o diagnóstico, o país investiu em serviços de água e esgoto, no ano de 2014, total de R$ 12,2 bilhões, crescimento de 16,7% em relação a 2013. Os serviços de esgoto receberam diretamente 46% do total investido.

Fonte:correiodaparaiba
face

0 comentários: