Cerca de 220 quilos de maconha e cocaína são apreendidos em Fortaleza

13:00 Fagner Soares 0Comentários

Duas operações dos órgãos de segurança pública resultaram na apreensão de 220 quilos maconha e cocaína, nos bairros Parque Santa Rosa e Genibaú, nos dias 7 e 15 deste mês. No total, três pessoas foram presas.

A primeira operação - denominada de "Subsolo" - teve início em 27 de janeiro e foi finalizada no dia 7 de fevereiro, domingo de Carnaval, em um terreno no Parque Santa Rosa, segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). No local, os policiais apreenderam cerca de 199 quilos de maconha, um de cocaína, 65 munições de calibres 12, 38 e 45, além de 13 balanças de precisão, dois celulares e itens para embalagem de entorpecentes. Uma pessoa foi presa.

A ação foi realizada por policiais da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), da Divisão Antissequestro (DAS), das Coordenadorias de Inteligência, de Planejamento Operacional (Copol) e Integrada de Operações Áreas (Ciopaer) da SSPDS, do Batalhão de Choque da Polícia Militar e por bombeiros militares. A Secretaria de Segurança Cidadã de Fortaleza disponibilizou uma retroescavadeira e o Exército Brasileiro providenciou duas barracas da campanha que serviram como alojamento para os policiais.

Na segunda operação, nesta segunda-feira, 15, realizada por policiais da DCTD, duas pessoas foram presas e 20 quilos de maconha foram apreendidos, no bairro Genibau. A equipe da especializada chegou ao local após uma denúncia anônima dando conta de uma entrega de drogas que iria ocorrer na avenida Porto Velho. Foram capturados Erison Davi de Paula, 20, o "Lorim", e Michelli Ribeiro dos Santos, 31, ambos sem antecedentes criminais. A dupla foi abordada nas proximidades da ponte no Genibau.

De acordo com a Polícia, Michelli levou duas crianças - de oito e dez anos - para receber a droga e assim não despertar a suspeita sobre ela. "Infelizmente ela utilizou as crianças para que a Polícia não suspeitasse do crime que ela estava cometendo", afirmou o delegado Sérgio Pereira, titular da DCTD. Após o flagrante, a dupla foi encaminhada para a sede da DCTD, onde foi autuada por tráfico e associação para o tráfico de drogas. As crianças foram entregues para familiares.

Fonte: Diário do Nordeste
face

0 comentários: