Fim de semana com quatro homicídios e uma morte em acidente de trânsito em Altaneira, Brejo Santo, Caririaçu e Santana do Cariri

13:30 Fagner Soares 0Comentários

Caiu de 14 para seis o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri levando em consideração que o anterior foi o feriadão de carnaval. Neste, foram quatro homicídios, uma vítima fatal em acidente de trânsito e outra por causa indeterminada. Os corpos vieram de Altaneira (2) e os demais de Brejo Santo, Caririaçu, Barbalha e Santana do Cariri. Segundo levantamento do Site Miséria, uma morte ocorreu ainda na sexta-feira, quatro no sábado e uma neste domingo.

Por volta das 19 horas de sexta-feira o presidiário Emicles Cândido da Silva, de 24 anos, o “Miquinhas” chegava em casa na Rua Coronel Basílio (Bairro Taboqueiras) em Brejo Santo quando foi morto a tiros por quatro homens que se aproximaram num carro vermelho. Ele cumpria penas em regime semi aberto em virtude de condenações por roubo e homicídio. Era um velho conhecido da polícia e respondia processos nas comarcas de Brejo Santo e Mauriti por porte de arma e tráfico de drogas. No dia 27 de março de 2012 o mesmo matou a tiros Carlos William Pereira da Silva, de 20 anos.

Já às 14 horas deste sábado, perto do Bar da Rosca que funciona no Sítio São Paulo em Caririaçu, foi morto a tiros o comerciante Orlando Ferreira de Araújo, de 42 anos, que residia na Vila Miragem e era irmão do vereador Benício de Cazuza (PSB). Ele dirigia sua caminhonete D-20 de cor vinho e placas KBS-2418, inscrição de Caririaçu e conduzia duas mulheres. Quando parou o carro para estas descerem, dois homens chegaram numa moto e já foram atirando cinco vezes na cabeça da vítima que morreu ao volante.

Duas horas depois populares encontraram em um matagal no Sítio Mata dos Araçás na Zona Rural de Barbalha, o cadáver de um homem em estado de decomposição. A polícia esteve no local onde o mesmo foi identificado como sendo de Natanael Vieira do Nascimento, de 43 anos, ali residente, o qual, segundo familiares, era depressivo, alcoólatra e estava desaparecido desde a quarta-feira de Cinzas.

Por volta das 21h30min ainda de sábado, no Bar de Sobreira na Rua Manoel Romão de Lucena em Altaneira, chegaram quatro homens em duas motos mandando os clientes ficarem quietos e começaram a atirar contra o estudante Robson Adriano da Silva, de 18, o “Robinho” que morava naquela rua, e o autônomo Antonio Hugo Gonçalves Pereira, de 25 anos, que residia na Rua Manoel Henrique de Souza. O primeiro foi atingido com três tiros no peito e um no braço, enquanto o outro saiu ferido na cabeça os quais estavam em liberdade há oito dias. Robinho respondia por crime de lesão corporal praticado quando ainda era menor e Antônio era acusado de furtos e roubos em Juazeiro. Na noite de sexta-feira, Robinho discutiu com o segurança de uma festa identificado apenas por “Cirnando” e este foi preso no Sítio Boa Vista em Santana do Cariri e trazido à Delegacia de Juazeiro.

Já às 20 horas deste domingo, no Sítio Mororó na CE-166 que liga Santana do Cariri e Nova Olinda, foi registrada uma colisão de motos Honda Bros deixando o saldo de um morto e dois feridos. Claudecir Alves dos Santos, de 26 anos, o “Cláudio”, residia na Rua São Pedro, 360 em Santana do Cariri. Ele trabalhava como segurança no Museu de Paleontologia daquele município e morreu no hospital local, enquanto a garupeira Antonia Conceição de Moura Santos está internada no Hospital Santo Antônio de Barbalha. O piloto da outra moto foi identificado apenas como “Eronildo” e sofreu lesões leves.

Fonte: Miseria.com.br
face

0 comentários: