Transporte público e dívidas do município foram os temas debatidos na Câmara de Juazeiro do Norte

10:00 Fagner Soares 0Comentários

Na tarde desta terça-feira (16) o Poder Legislativo de Juazeiro do Norte voltou a se reunir. Foi a 213ª sessão ordinária dos vereadores desta legislatura. Quatro edis faltaram, mas justificaram suas ausências. Foram eles Alberto Costa (PT), Auricélia Bezerra (PSL), Bertrand Rocha (PT do B) e João Borges (PRTB). Depois de 50 dias de recesso, final de ano e carnaval, os parlamentares voltaram a se reunir. A sessão teve um pouco mais de 2h.

Entre os requerimentos os vereadores pediram para a municipalidade resolver a situação do calçamento dos Sítios Gavião e Sabiá. Pediram para que sejam destinados servidores para fiscalizar e proibir, multar quem joga lixo nas vias públicas. 

Foi pedido também a documentação relativa a licitação da merenda escolar que soma mais de 14 milhões de reais bem como pedem a reabertura do Restaurante Popular fechado desde o final de novembro. Foram feitos requerimentos no sentido de se colocar iluminação na estada nova do horto e a limpeza do terreno ao lado da TV Verde Vale.

A sessão ainda foi marcada por polêmicas em torno do transporte público. Os vereadores Cláudio Luz (PT) e Tarso Magno se pronunciaram, da bancada, e foram aparteados por Normando (PSL), Tarso Magno (PR), Vieira Neto (Sem partido) e Gledson Bezerra. 

Já no grande expediente os representantes do povo trataram sobre dívidas do município. Normando apresentou dados que comprovam dívida que gira em torno de 160 milhões de reais. Já Vieira Neto rebateu Normando afirmando que estado e união também devem.

Mais uma constava nenhuma matéria na pauta da ordem do dia, a sessão foi finalizada.

Fonte: Miseria.com.br
face

0 comentários: