Ceará empata com Fortaleza e fica em situação dramática no Estadual

10:59 Fagner Soares 0Comentários

A situação complicou para os alvinegros no Campeonato Cearense. Na noite deste domingo, o Ceará empatou com o Fortaleza em 1 a 1 e agora depende de combinação de resultados para se classificar às semifinais do Estadual. 

Com seis pontos em cinco jogos, a equipe comandada pelo técnico Lisca está na terceira colocação do Grupo B2 e só tem pela frente mais um jogo - dia 10, contra o Uniclinic. Podendo chegar apenas até nove pontos, o Vovô agora precisa torcer por tropeços de Guarany de Sobral e Guarani de Juazeiro. O último, inclusive, tem seus dois últimos jogos desta 2ª fase contra o Fortaleza. Ficar de fora das semifinais do campeonato significa ao clube perder a vaga na Copa do Nordeste do próximo ano, o que seria um enorme baque para o planejamento de temporada. 

No primeiro tempo, o Ceará dominou as principais ações da partida. Desde o primeiro minuto, investiu em velocidade e chegou com finalizações perigosas à meta tricolor. Ricardo Berna salvou o Fortaleza com ótimas defesas. A principal delas aos 16 minutos, quando Fernandinho cobrou falta venenosa e exigiu que o goleiro se esticasse para espalmar a bola para fora. O Vovô também criou chances de gol com Richardson, Charles e Rafael Costa. 

Mais preocupado em impedir o avanço do Vovô do que conquistar a posse de bola, o Leão teve problemas na marcação e por isso passou por momentos de sufoco. De tanto insistir, o Ceará abriu o placar aos 38 minutos, quando Assisinho teve espaço para cabecear dentro da área. No lance do gol, defesa do Fortaleza foi mal em cruzamento pra área e deu condições para o atacante alvinegro cabecear ao gol de Berna. 

Na etapa final, o Ceará tentou manter a mesma pegada ofensiva. Porém, não conseguiu transformar o ímpeto em boas oportunidades de ampliar o placar. Aos 6 minutos, Richardson ficou frente a frente com o goleiro leonino e desperdiçou. Já o Leão cresceu. Com mudança de postura no segundo tempo, conseguindo quebrar mais o sistema ofensivo do rival para armar contra-ataques perigosos, o time de Marquinhos Santos conseguiu ser agudo e incomodar o gol de Éverson.

Fortaleza reclamou bastante da arbitragem. Segundo os tricolores, em dois lances nesta etapa final, a bola teria encostado na mão de defensores do Ceará. Numa das reclamações mais inflamadas, Pio recebeu dois amarelos e foi expulso por César Magalhães.

Aos 22 minutos, Éverton foi claramente derrubado dentro da área. Pênalti para o Fortaleza. Anselmo converteu, chegando a 10 gols na temporada. 

A situação fez com que o Ceará buscasse a vitória de qualquer forma. Porém, não venceu o nervosismo e amargou um empate que complica e muito a situação do time no Campeonato Cearense.

Fonte: O POVO
face

0 comentários: