Exposição de fotos antigas leva o Padre Cícero ao Sudeste - Rádio São Pedro Fm 105,9

Post Top Ad

Exposição de fotos antigas leva o Padre Cícero ao Sudeste

Share This
Nos 172 anos de nascimento do Padre Cícero e após a recente reconciliação histórica da Igreja Católica com o sacerdote, sua trajetória de vida começa a se expandir no sul e sudeste do Brasil. Instituições buscam de alguma forma mostrar o ´Santo do Nordeste´ para o País. Com essa finalidade, o Centro de Tradições Nordestinas (CTN), em São Paulo, está realizando, até o próximo dia 10 de abril, em homenagem ao religioso, a exposição Fatos e Fotos do Padre Cícero, de imagens históricas e raras, montada pelo fotógrafo cearense Raimundo Ferreira Araújo.

São 40 imagens, que estiveram expostas em Juazeiro em novembro do ano passado, antes mesmo da divulgação da reconciliação histórica. O fotógrafo recebeu o convite do CTN e, no último domingo, a exposição foi aberta oficialmente para o público.

Na oportunidade, o trabalho realizado por meio de pesquisa do próprio fotógrafo, que fez um levantamento na cidade para obter imagens raras, será inspiração para momentos de debate. No próximo dia 2 de abril, um grupo de 30 pessoas estará reunido com Raimundo Araújo para falar das romarias de Juazeiro e a forma que o povo nordestino vê o Padre Cícero.

Receptividade
"Estamos tendo uma boa receptividade. Há um interesse das pessoas em saber quem realmente foi o Padre Cícero, a sua importância para a cidade", afirma, ao destacar a necessidade de reavivar esses fatos históricos, como forma de preservar e manter a história de um dos homens e religiosos mais importantes da história brasileira.

Em missa celebrada pelo bispo da Arquidiocese de São Paulo, Sérgio de Deus Borges, em que a imagem do Padre Cícero adentrou à celebração, no último domingo, no CTN, as pessoas festejavam o sacerdote.

Ele destacou o local como um centro de manutenção da tradição nordestina em São Paulo e ressalta a importância do legado espiritual do Padre Cícero. "O primeiro passo foi dado com a reconciliação. Ele foi importante para a igreja. Tinha amor ao povo de Deus e aos pobres", disse.

Em dezembro de 2015, o Vaticano anunciou, em carta ao bispo do Ceará, dom Fernando Panico, que o Padre Cícero estava reconciliado com a Igreja Católica. O comunicado foi motivo de celebração para os fiéis, não só no Nordeste, onde é considerado maior ícone religioso, como em todo o Brasil. Em São Paulo, um dos principais espaços de veneração do "Padim Ciço" é o CTN, no bairro do Limão, zona norte da Capital.

Na semana que celebra os 172 de sua data de nascimento - 24 de março de 1844 -, o CTN realizou, nos dias 19 e 20 de março, a Festa do Padre Cícero 2016. A Exposição Fatos e Fotos do Padre Cícero tem sido uma das atrações que permanece. 20 das imagens do acervo estão entre as mais antigas da época do sacerdote. Fruto de um processo de restauração de imagens originais, elas mostram momentos marcantes do Padre Cícero e de personalidades importantes.

Segundo as informações da presidente do CTN e coordenadora do evento, Christiane Abreu, esse momento é para fortalecer a fé dos devotos. "Depois desse renovo vivido pelos fieis, após o processo de reconciliação com a Igreja, o CTN quer levar a todos um pouco mais da história dessa liderança religiosa e firmar ainda mais a devoção por esse homem que se tornou um santo popular", pontua.

Recuperação
Após visitas a museus da Europa, o fotógrafo Raimundo Araújo retornou a Juazeiro do Norte decidido a recuperar um acervo de imagens originais do Padre Cícero e de personalidades importantes da época, que estavam se perdendo pela falta de zelo com a memória da cidade.

Segundo o fotógrafo, foi necessário um árduo trabalho de prospecção com antigos moradores de Juazeiro do Norte que tivessem fotografias originais do Padre Cícero. "Após o material coletado, veio o processo de restauração em laboratório, seguidos de programas e máquinas que recuperam a qualidade das imagens em alta resolução", explica Araújo.

Dentre as 20 fotografias em preto e branco expostas, é possível notar o prestígio do padre nas primeiras décadas do século passado pelas presenças das autoridades da época. Em uma delas, o Padre Cícero Romão Batista, que foi o primeiro prefeito de Juazeiro do Norte, se encontra ao lado do então presidente do Ceará, José Moreira da Rocha. Em outra imagem, é possível reconhecê-lo em uma capela, em 1913, onde ele se deixa fotografar ao lado de jovens durante a Primeira Comunhão.

O trabalho já foi visto por mais de 120 mil romeiros em duas exposições, uma no Memorial Padre Cícero e outra no Casarão do Padre Cícero, ambas em Juazeiro do Norte. O acervo do profissional conta com mais de 7 mil imagens sobre Juazeiro e o Padre Cícero. Mas a ideia de expor veio após a visita do fotógrafo a alguns museus da Europa, onde ele constatou a história de importantes personagens sendo contada por meio de fotos. 

Mais informações:
I Exposição Fatos e Fotos Do Padre Cícero
Memorial Padre Cícero
Praça do Cinquentenário
Juazeiro do Norte - CE
Telefone: (88) 9 9966-7755

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad