Sport volta a jogar mal e é derrotado pelo Salgueiro em plena Ilha do Retiro pelo Estadual - Rádio São Pedro Fm 105,9

Post Top Ad

Sport volta a jogar mal e é derrotado pelo Salgueiro em plena Ilha do Retiro pelo Estadual

Share This
O Salgueiro vem se especializando em ser o carrasco do Sport. Neste domingo, apresentando um futebol mais organizado em campo, o Carcará saiu da Ilha do Retiro com uma vitória por 1 a 0 que o deixa na liderança provisória do Campeonato Pernambucano, com 20 pontos. Agora, os sertanejos secam o Náutico, que fecham a rodada no próximo sábado, contra o Central, na Arena Pernambuco. Aos rubro-negros, estacionados com 16 pontos, a certeza de que não poderá mais terminar o hexagonal em primeiro lugar. Essa foi a terceira vitória do Salgueiro nos quatro últimos duelos contra o Sport. Houve ainda um empate. 

Agora as duas equipes voltam as atenções para as quartas de final da Copa do Nordeste. Enquanto o Sport encara o CRB, quarta-feira, em Maceió, o Salgueiro recebe o Campinense, na quinta, no Cornélio de Barros. E apesar desses importantes compromissos, as duas equipes entraram em campo na Ilha do Retiro com o que tinham de melhor no momento.

No Sport, apenas o goleiro Danilo Fernandes e o zagueiro Durval ficaram de fora, poupados por conta de lesões leves. Magrão e Luís Gustavo foram acionados. No Carcará, o artilheiro John ficou na reserva. Porém, nem a disputa pelo primeiro lugar, nem o entrosamento das equipes foi capaz de produzir um bom primeiro tempo.

Por se mostrar um pouco mais motivado em campo, foi o Salgueiro que começou melhor a partida. Tanto, que a primeira finalização do Sport só acontecer aos 20 minutos, com Gabriel Xavier obrigando o goleiro Glebson a fazer boa defesa. No mais, o Leão mostrava dificuldade ofensiva. Nem as constantes inversões de lado Gabriel Xavier e Lenis e até dos laterais Samuel Xavier e Renê foram suficientes para superar a barreira sertaneja. 

Muitos dos ataques rubro-negros, por sinal pararam em impedimentos marcados pelo assistentes Bruno César Chaves. Ao ponto de irritar Falcão, expulso do gramado pelo árbitro Nielson Nogueira Dias por reclamação aos 29 minutos. 

O equilíbrio da partida se mostrou também nas duas últimas chances perdidas por cada time e finalizadas de forma errada, dentro da área, por Lenis e Jefferson Berguer. O primeiro tempo terminou melhor do que começou, mas não ao ponto de empolgar.

No retorno para a etapa final, o Sport voltou sem alterações. E assim como já havia feito na primeira metade da partida, seguia explorando principalmente a velocidade do colombiano Lenis pelo lado direito para avançar. Já o Salgueiro chegou duas vezes com perigo após saídas erradas de bola por parte do Leão. Primeiro com Renê, depois com Henriquez.

Fonte: Diário de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad