m casa, São Paulo joga por sobrevivência

09:30 Fagner Soares 0Comentários

O confronto desta terça-feira, no estádio do Morumbi, é válido ainda pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, mas para o São Paulo ele tem um caráter de uma "verdadeira decisão". Uma vitória contra o Trujillanos, da Venezuela, às 21h45, é obrigatória para o time tricolor seguir vivo na briga por uma das duas vagas às oitavas de final do Grupo 2 da competição continental.

Com apenas dois pontos nos três primeiros jogos, o São Paulo está na terceira colocação da chave e vê River Plate, com 5, e The Strongest, com 7, à sua frente na tabela de classificação. Um empate contra os venezuelanos, na lanterna do grupo, já será desastroso, pois na sequência a equipe do Morumbi terá pela frente os sues dois concorrentes diretos - os argentinos, em casa, e os bolivianos, na última rodada, na altitude de 3.600 metros de La Paz.

Pela primeira vez nesta Libertadores, o São Paulo atuará no seu estádio - os dois primeiros jogos, contra Universidad César Vallejo e The Strongest, foram no Pacaembu. Na reabertura do Morumbi, no sábado passado, vitória no sufoco por 2 a 1 sobre o Oeste, pelo Campeonato Paulista. Mas o torcedor se apoia no ótimo retrospecto são-paulino em partidas da competição em casa para vislumbrar uma vitória nesta terça-feira.

Em campo, o São Paulo deverá ter duas novidades. No treino desta segunda-feira, o técnico argentino Edgardo Bauza sacou o volante Thiago Mendes e o meia-atacante Daniel, escalando no time titular João Schmidt e Kelvin.

Schmidt, que tem 22 anos e passou a última temporada emprestado ao Vitória de Setubal, de Portugal, já foi titular em algumas partidas do São Paulo no ano, mas sempre em momentos que Bauza ou poupou jogadores ou tinha um de seus meio-campistas preferidos indisponíveis. Diante do Trujillanos pode ter sua primeira oportunidade como titular de fato.

"Treinamos alternativas de jogo e estou por definir a melhor formação. João Schmidt e Kelvin disputam com Thiago Mendes e Daniel", explicou Bauza, sem querer antecipar se vai levar ao jogo os testes realizados nesta segunda-feira, em treino fechado à imprensa.

No ataque, Kelvin seria o escolhido para uma vaga que já foi de Centurión e Rogério e que vinha sendo ocupada por Daniel. O ex-botafoguense começou jogando as últimas cinco partidas do time, mas deverá ir para o banco de reservas para a primeira aparição de Kelvin no time. O ex-palmeirense fez o gol do empate contra o Linense, na última quarta-feira.

O zagueiro uruguaio Lugano segue com dores lombares e não irá para a partida. Breno, Rogério e Carlinhos também estão machucados.

Fonte:estadao
face

0 comentários: