Problema em repasse gera transtorno em Barbalha - Rádio São Pedro Fm 105,9

Post Top Ad

Problema em repasse gera transtorno em Barbalha

Share This

Servidores municipais de Barbalha questionam a falta de repasse ao banco, por parte da prefeitura, de valores referentes ao pagamento de empréstimos consignados. Apesar de as parcelas serem descontadas em seus contracheques a cada mês, profissionais do município estão recebendo cobranças indevidas, causando, como afirmaram, constrangimento.

A denúncia, feita pelo vereador Bosco Vidal, trouxe à tona a situação que se repete com inúmeras pessoas que o procuraram. Ele busca, junto a elas, compreender, orientar e solucionar a problemática, que se estende há meses. É o caso da professora Solange dos Santos, que recebeu cobrança equivalente ao período de sete parcelas. "Me sinto constrangida de ser cobrada por uma coisa que sei que estou pagando, que tenho provas que estão sendo descontadas", afirma.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipal de Barbalha (Sindmub) também acompanha a situação. De acordo com Jacqueline Filgueiras, presidente do Sindmub, cerca de seis pessoas foram ao Sindicato, até a última semana, comunicando recebimento de cartas com cobranças referentes ao repasse das parcelas do empréstimo. Como explicou, a primeira orientação é que procurem a prefeitura para entender o que está acontecendo e, caso não encontrem solução, procurem o Sindicato. "Estamos à disposição de qualquer profissional que queira acionar a Justiça em prol de seus direitos, como danos morais ou indenização. Eles têm o comprovante de que está sendo descontado", enfatiza.

A procuradora de Barbalha, Ana Keive, garantiu que não há nenhum atraso do município com relação ao repasse e que a prefeitura tem em posse os comprovantes que atestam o fato. Ela pede que os servidores que recebam as cartas com cobrança procurem o Centro Administrativo para possível ingresso com ação de indenização contra o banco, inclusive, caso tenham seus nomes incluídos em algum órgão de proteção ao crédito.

Fonte: Jornal do Cariri



Livre de vírus. www.avast.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad