INTZ bate rivais da CNB e conquista Brasileiro 2016 de "League of Legends" - Rádio São Pedro Fm 105,9

Post Top Ad

INTZ bate rivais da CNB e conquista Brasileiro 2016 de "League of Legends"

Share This

A INTZ conquistou neste sábado (9) o Circuito Brasileiro de "League of Legends" 2016 após derrotar os rivais da CNB por 3 a 1.

Apesar de estar em sua quarta final consecutiva do Circuito, e de já ter garantido duas vitórias nos primeiros splits do torneio em 2015 e 2016, a INTZ ainda não tinha sagrado-se campeã brasileira.

Com o título, a INTZ garantiu vaga para as 2016 International Wild Card Qualifiers - torneio reunindo times de vários países que valerá vaga para o Mundial 2016.

A CNB iniciou a partida inaugural da série pressionando a rota do meio, e logo abrindo uma tênue vantagem de 2 abates a 0. Com o foco nos objetivos, porém, a INTZ conseguiu ficar na frente em ouro em todos os momentos. A partida foi parelha, mas Jockster conseguiu fazer a diferença nas lutas de time com o ´ultimate´ de seu Bardo, e conduziu a INTZ à vitória.

Na segunda partida, a história foi outra: a CNB conseguiu os primeiros abates novamente, mas desta vez conseguiu forçar seu ritmo de jogo em cima dos rivais. Inspirado, Minerva soube criar aberturas com seu Gragas, e liderou as investidas da CNB. O domínio do time azul foi completo.

Em sequência, provando o equilíbrio da final, INTZ voltou à dianteira com uma vitória na terceira partida. CNB mostrou resistência em momentos como o roubo de Barão por parte do Minerva, mas acabou acuada perante os rivais, que conseguiram garantir ´buff´ após ´buff´ e rapidamente ficaram muito mais fortes.

Na quarta e última partida, o roteiro se repetiu: a INTZ conseguiu encaixar jogadas em grupo muito mais eficientes, e dominou todas as rotas sem grande resistência da CNB.

A competição Wild Card para qual a INTZ qualificou-se será realizada na Ópera de Arame, em Curitiba, entre os dias 3 e 4 de setembro. É a primeira vez que o Brasil recebe um torneio internacional organizado pela Riot Games.

Nos dois últimos anos, equipes brasileiras conseguiram vaga para o Mundial, mas acabaram eliminadas ainda na fase de grupos.

Fonte: UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad