Em mensagem à COP22, Papa pede rapidez para proteger natureza

06:30 Fagner Soares 0Comentários



O papa Francisco pediu para que as nações ajam "sem demora" para defender a natureza em uma mensagem enviada à 22ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP22).   

Agir sem demora, de maneira mais livre possível das pressões políticas e econômicas, superando os interesses e os comportamentos particulares", esse foi o apelo do Pontífice aos países participantes do encontro em Marrakech. O cuidado com o meio-ambiente é um dos temas mais caros do Pontificado de Francisco à frente da Igreja Católica.   

Segundo o Papa, o Acordo de Paris que entrou em vigor recentemente mostram a "grave responsabilidade ética e moral" de todas as nações sobre os "preocupantes impactos" das mudanças climáticas.   

Jorge Mario Bergoglio ressaltou ainda que os problemas ambientais causam impactos "em toda a humanidade, mas em particular, nos mais pobres e nas gerações futuras, que representam o componente mais vulnerável".   

Hollande diz que acordo é ´irreversível´: Em uma clara mensagem ao novo presidente norte-americano Donald Trump, o líder do governo francês, François Hollande, afirmou que o Acordo de Paris sobre o clima é "irreversível".   

De acordo com o francês, os Estados Unidos devem "respeitar" a decisão do governo de Barack Obama de aderir ao acordo. Hollande ressaltou que a França irá ter um diálogo respeitoso com Trump, mas que pedirá o envolvimento dos norte-americanos em nome dos mais de 100 países que aderiram ao tratado. 

 

estadao


face

0 comentários: