Sob comando de Tite, Brasil vence 6º jogo seguido A seleção soma agora 27 pontos

06:31 Fagner Soares 0Comentários



O ano não poderia ter terminado melhor para a seleção brasileira. Depois de um início sofrível em 2016, que culminou com a demissão de Dunga após a eliminação na primeira fase da Copa América, a seleção venceu o Peru por 2 a 0 na madrugada desta quarta-feira (16), em Lima, e ampliou a sua vantagem na liderança das eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

O time comandado por Tite ainda ganhou a sexta partida consecutiva, igualou o recorde de vitórias no torneio da equipe de João Saldanha em 1969, e está praticamente classificado para o Mundial.

A seleção soma agora 27 pontos. Ainda restam seis jogos até o fim das eliminatórias.

Desde o início do formato atual das eliminatórias, quando todos se enfrentam em dois turnos, o quinto colocado nunca fez mais que 25 pontos. Pelo regulamento do torneio, os quatro primeiros se classificam para a Copa. O quinto disputa a repescagem com o representante da Oceania.

Os gols da vitória brasileira foram marcados por Gabriel Jesus, aos 12 minutos, e Renato Augusto, aos 33 minutos, ambos no segundo tempo.Com o seu gol, o palmeirense desbanca Neymar e fecha o ano na artilharia da seleção ao lado de Philippe Coutinho.

Cada um marcou cinco vezes nesta temporada. Desde 2011, o ex-santista era artilheiro da seleção. Neymar fez quatro neste ano.

Depois de cair para a sexta posição em março nas eliminatórias, a seleção termina o ano com sete vitórias, três empates e uma derrota.

O time nacional só volta a atuar em março, quando enfrenta o Uruguai, em Montevidéu. Cinco dias depois, a seleção vai jogar contra o Paraguai, em casa. O local da partida ainda não está definido.

Com a vitória no Estádio Nacional lotado, o time tem quatro pontos de vantagem. Nesta rodada, o Chile venceu os uruguaios, por 3 a 1.

Diferentemente do que aconteceu em confrontos anteriores, como aqueles contra o Equador, Venezuela, Bolívia ou até a Argentina, a seleção brasileira foi ameaçada durante toda a partida pelos peruanos, e esteve muito próxima de sofrer seu segundo gol desde que Tite assumiu o comando.

Logo aos sete minutos de jogo, Carrillo arrancou pela pela esquerda, tabelou com Cueva aproveitando liberdade dada por Daniel Alves, e finalizou na trave esquerda do goleiro Alisson.Logo aos 12 minutos do segundo tempo, quando a partida seguia equilibrada, Coutinho forçou uma jogada pelo meio e a bola sobrou para Gabriel Jesus que acertou a bola com a "chapa" do pé e colocou a seleção em vantagem.

Aos 30 minutos do segundo tempo, Neymar acertou o travessão. Três minutos depois, Gabriel Jesus dominou na ponta esquerda, correu em diagonal e serviu Renato Augusto, que ampliou o placar.

PERU

Gallese; Corzo (Advincula), Ramos, Rodríguez e Loyola; Aquino e Yotún; Carrillo (Ruidíaz), Polo (Sánchez) e Cueva; Guerrero. T.: Ricardo Gareca

BRASIL

Alisson; Daniel Alves, Miranda, Marquinhos e Filipe Luís; Fernandinho; Paulinho, Renato Augusto, Philippe Coutinho (Douglas Costa) e Neymar; Gabriel Jesus (Willian). T.: Tite

Estádio: Nacional, em Lima

Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)

Gols: Gabriel Jesus, aos 12, e Renato Augusto, aos 33 min do 2º tempo

Cartões amarelos: Loyola, Cueva (P) e Renato Augusto (B). 

 

Notícias ao Minuto

face

0 comentários: