Polícia Federal faz devassa na Prefeitura de Pacajus em busca de provas do desvio de verbas públicas em licitações

14:01 Fagner Soares 0Comentários


Equipes da PF estão na sede da Prefeitura desde as primeiras horas da manhã de hoje (Foto:Reprodução/Cearánews7)


A Polícia Federal  e a Controladoria Geral da União realizam na manhã desta quarta-feira (7) uma operação na cidade de Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O objetivo é o cumprimento de mandados judiciais de busca e apreensão em diversos endereços, entre eles, residências de vereadores locais e na própria sede da Prefeitura Municipal.

Os mandados de busca e apreensão foram assinados pelo juiz de Direito Marcelo Sampaio Pimentel Rocha, titular da 27ª Vara da Justiça Federal no Ceará. A Justiça e o Ministério Público Federal (MPF) investigam conjuntamente o crime de desvio de verbas públicas em Pacajus, através de contratos da Prefeitura com  uma empresa denominada Queiroz Arruda Construções e Locações Limitada.  O valor do desvio não foi revelado.

O esquema fraudulento também teria levado ao enriquecimento ilícito de gestores públicos e políticos de Pacajus, daí a Justiça ter determinado a operação nesta quarta-feira para o recolhimento de provas do crime. No seu despacho, autorizando a PF a entrar na sede da Prefeitura Municipal, o juiz ressalta que as diligências podem ser realizadas com a participação ativa de agentes da Controladoria Geral da União (CGU). O despacho judicial foi emitido no último dia 4.

Provas

Conforme a determinação judicial, os agentes da PF deverão apreender "todo e qualquer material que contenha alguma relação com os crimes investigados, inclusive, que possam constituir elementos de prova ou o próprio produto do crime, exemplificativamente documentos contábeis, processos de pagamentos e de licitações, tablets, HDs de computadores, pen drivers, HDs externos, recibos de cheques, talonários de cheques não utilizados, blocos de notas fiscais, agendas, cadernos e cadernetas de anotações".

cearanews7


face

0 comentários: