Homem é preso após ameaçar sua ex-mulher em Crato e aposentada de 72 anos é arrastada pelos cabelos por um filho em Juazeiro

06:53 Fagner Soares 0Comentários


Renato foi até à casa de sua ex-mulher descumprindo Medida Protetiva (Foto: Reprodução/Google Maps e redes sociais)

Mais dois casos de violência doméstica foram registrados nesta segunda-feira em Crato e Juazeiro do Norte. No final da manhã militares do Ronda do Quarteirão prenderam Renato de Sousa Teles, de 38 anos, na Rodovia Pinto Madeira, 294 no bairro do mesmo nome em Crato. Ele quebrou os objetos dentro de casa, jogou alimentos fora e estava ameaçando de morte sua ex-companheira Francisca Fabiana, de 39 anos de idade.

O mesmo já é determinado pela justiça para manter uma distância média de 200 metros em relação à sua ex-esposa conforme a Medida Protetiva. Quando o Cabo Felipe e os Soldados Duarte e A. Costa chegaram no imóvel encontrou Renato e este terminou levado à Delegacia de Defesa da Mulher de Crato, sendo autuado em flagrante para responder por crime de violência doméstica e recolhido à cadeia pública.

No meio da tarde, porém na Rua Antonia Maria da Conceição (Timbaúbas) em Juazeiro, a aposentada Graciliana Moreira da Silva, de 72 anos, foi agredida pelo filho José Carlos da Silva, residente na Rua Coronel Raul, 344 (Pio XII). Ele agarrou a mãe pelo pescoço, deu três socos nas costas e no rosto além de puxar seus cabelos arrastando-a pelo chão para jogá-la sobre a cama. O motivo foi só a reclamação pelo fato do mesmo bater as portas do guarda roupas e a mesma já sofreu ameaças de morte pelo filho que fugiu.

AMEAÇA – Ainda nesta segunda-feira o Soldado Da Silva passava pela Avenida Tristão Gonçalves, em frente à Casa do Campo no centro de Crato, quando flagrou Antonio Juliano, de 36 anos, empunhando uma faca e ameaçando Rodrigo dos Santos, de 28 anos. O militar à paisana impediu o crime e acionou seus colegas de farda quando a equipe RAIO 03 foi ao local e levou os dois para a Delegacia de Polícia Civil de Crato.



Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

face

0 comentários: