Vice-presidente da APRECE, Nilson Diniz, participa do lançamento do Programa Garantia Safra 2016/2017

10:19 Fagner Soares 0Comentários


Cerimônia ocorreu no Centro do Eventos do Ceará e contou com a presença do Governador Camilo Santana e do Secretário do Desenvolvimento Agrário (SDA), Dedé Teixeira. (Foto: Divulgação/Assessoria)



O vice-presidente da Associação dos Prefeitos do Estado do Ceará, APRECE, e Prefeito de Cedro, Dr. Nilson Diniz, participou nesta terça-feira (25), da assinatura do Termo de Adesão do Programa Garantia Safra 2016/2017. A cerimônia aconteceu no Centro de Eventos do Ceará e contou com a presença do Governador do Estado do Ceará, Camilo Santana, Secretário do Desenvolvimento Agrário (SDA), Dedé Teixeira, prefeitos e demais autoridades.

Em seu pronunciamento Dr. Nilson Diniz enfatizou a importância do homem do campo para o crescimento dos municípios e melhoria da economia do estado. “É no campo que boa parte dos cearenses constrói seus laços familiares e cumpre dignamente seu trabalho, ajudando o Ceará”. O gestor cedrense também destacou a importância do Garantia Safra para as famílias cearenses. “Este programa é uma das ações mais importantes para dar segurança aos agricultores familiares do Ceará.”

O Governador Camilo Santana explicou que, com o Garantia Safra, os agricultores terão tranquilidade para enfrentar as adversidades nos períodos de plantio prejudicados pela seca. “Em um Estado em que grande parte é semiárido e enfrenta situação de seca severa periodicamente, o Garantia Safra é uma das políticas mais importantes para dar segurança aos nossos agricultores familiares do Ceará, independentemente de ter inverno ou não, boa safra ou não, essa é uma política de prevenção para que a gente possa garantir o sustento dos homens do campo nos municípios cearenses", disse o governador.

Garantia de renda

O Garantia Safra beneficia agricultores que tem sua produção atingida pela seca ou enchente, com perda de pelo menos 50% da produção. A ação do governo atende agricultores que já pagaram os boletos do convênio e estão aptos para receber o recurso.

Cada produtor que tiver a perda comprovada, segundo os parâmetros técnicos de vários órgãos como Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) e Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), receberá o valor de R$ 850, divididos em cinco parcelas iguais, mensais e consecutivas de R$ 170.

O beneficio atinge todas as regiões do Estado do Ceará, dos 184 municípios cearenses, apenas quatro ficaram de fora da atual edição: Fortaleza, Eusébio, Guaramiranga e Jijoca de Jericoacoara.

Assessoria de Imprensa
face

0 comentários: