Líderes do centrão pressionam Temer contra PSDB

13:28 Fagner Soares 0Comentários


Depois de fechar com o Planalto sobre votação de denúncia, integrantes do grupo querem mais espaço no governo (Foto: Divulgação)

A posição do PSDB em relação ao governo tem sido motivo não apenas de piada entre os peemedebistas mas, principalmente, de cobrança por parte de líderes do chamado centrão, que inclui o PP, PR, PSD, PTB, PROS, PSC, SD, PRB, PEN, PTN, PHS e PSL.

Eles questionam por que o Planalto mantém os ministérios e cargos dos tucanos, já que a sigla segue em cima do muro, abrindo espaço para que muitos dos seus caciques tenham declarado, inclusive, ser a favor da denúncia contra Temer. As informações são da coluna Painel, da Folha de S. Paulo.

Enquanto isso, o centrão fechou com o governo e deve apoiar o presidente. Tanto que ameaça punir quem votar pelo prosseguimento da denúncia. Somados os votos, segundo os líderes dos partidos que integram este grupo, eles representam cerca de 225 deputados. O que legitimaria um maior espaço no governo.

A expectativa, agora, é para que a votação ocorra o mais rápido possível no plenário, antes do recesso parlamentar. Mas, para os aliados de Temer, a decisão do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, de só iniciar a etapa com 342 deputados presentes, é um risco para o Planalto, já que aumenta a chance de o quorum não ser alcançado até o limite do prazo. O recesso parlamentar começa no dia 18 e segue até o dia 31 de julho.

 

noticiasaominuto



face

0 comentários: