Bolsa fecha em alta e atinge maior nível em dois meses

10:17 Fagner Soares 0Comentários



Acompanhando o movimento mundial, em que as principais bolsas internacionais terminaram o dia com saldo positivo (Foto: Reprodução/ Notícias ao Minuto)

A Bolsa brasileira registrou nova alta nesta quarta-feira (27) e atingiu o maior nível em dois meses. O dólar comercial teve ligeira queda e fechou o dia cotado em R$ 3,313.

Acompanhando o movimento mundial, em que as principais bolsas internacionais terminaram o dia com saldo positivo, o Ibovespa subiu 0,48%, a 76.072 pontos. O volume financeiro foi de R$ 5,1 bilhões.

A última vez que a Bolsa havia fechado acima dos 76 mil pontos foi em 25 de outubro, quando fechou em 76.671.

O dólar comercial caiu 0,03% e terminou o pregão cotado a R$ 3,313 na venda.

As ações preferenciais das Lojas Americanas subiram 4,08%, sendo cotadas a R$ 17,09, e lideraram as altas do Ibovespa nesta quarta. O aumento da rede varejista se deve à divulgação, na terça, de que o comércio brasileiro teve o melhor período de vendas natalinas em seis anos.

Indicador de atividade do varejo da Serasa Experian mostrou que as vendas nominais (sem levar em conta a inflação) subiram 5,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. Segundo a entidade, foi o melhor desempenho desde 2011.

As ações ordinárias da Natura subiram 4%, para R$ 32,74. Os papéis da Localiza tiveram alta de 3,48%, a R$ 22,33.

Na ponta contrária do Ibovespa, as ações ordinárias da Embraer lideraram as perdas, com baixa de 3,61%, fechando o dia cotadas a R$ 20,30.

A rede de ensino Estácio, que recentemente promoveu uma grande demissão de professores, teve queda de 0,91, a R$ 33,88.

Os papéis preferenciais da metalúrgica Gerdau encerraram o pregão com perda de 0,85%, a R$ 5,80. As ações da Petrobras fecharam o dia em alta. Os papéis preferenciais da estatal subiram 0,50%, a R$ 16,05, enquanto que os ordinários tiveram alta de 0,35%, a R$ 16,76.

As ações ordinárias da Vale ficaram praticamente estáveis, sendo cotadas a R$ 39,86 (+0,03%).

NoticiasaoMinuto



Livre de vírus. www.avast.com.
face

0 comentários: