Unidade Básica de Saúde construída há três anos não funciona e acumula lixo ao redor - Rádio São Pedro Fm 105,9

Post Top Ad

Unidade Básica de Saúde construída há três anos não funciona e acumula lixo ao redor

Share This


Imagens feitas com aparelho celular, enviada por leitor ao Miséria (Foto: Reprodução / Leitor Miséria)

Moradores do bairro Frei Damião, em Juazeiro do Norte, há pelo menos três anos enfrentam um problema sério. Apesar de nas imediações estar construído um prédio de uma Unidade Básica de Saúde, o equipamento nunca chegou a funcionar, situação que faz os pacientes se deslocarem a outras unidades em busca de atendimento. 

O prédio fica na rua Francisco Martins de Sousa, e de acordo com moradores, encontra-se abandonado e repleto de lixo ao redor. Ainda segundo o leitor, alguns ofício foram enviados à prefeitura, mas nenhum obteve resposta em relação ao caso. 

"Enquanto isto, a população dos bairros Frei Damião, Vila Real, Triângulo, Jardim Gonzaga e parte da Lagoa Seca tem que percorrer cerca de 4 km de distancia para tentar conseguir uma consulta médica", reclama o morador

PREFEITURA

Em nota, a Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte disse que a construção da UBS foi iniciada na gestão anterior, ainda não está totalmente concluída. "Quando a atual gestão assumiu, foi realizada uma auditoria, onde foram constatadas algumas irregularidades", diz o texto. 

A prefeitura informou ainda que encaminhou um parecer ao Ministério da Saúde e à Procuradoria Geral do Município, para que haja o respaldo necessário para continuidade da obra. 

"No momento, a Secretaria aguarda um posicionamento do Tribunal de Contas da União (TCU) e da Controladoria Geral da União (CGU) para que a obra possa ser concluída e o equipamento passe a funcionar" diz o texto. 

FAÇA SUA DENÚNCIA 

O Site Miséria abriu um canal direto com os leitores parece receber denúncias como esta apresentada na matéria. Fotos e vídeos podem ser enviadas à redação pelo Whatsapp (88) 9 9217-3451. O sigilo é garantido.



Por Felipe Azevedo/ Agência Miséria
Miséria.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad