32 cidades do Ceará têm saldo positivo de empregos nos últimos 12 meses - Rádio São Pedro Fm 105,9

Post Top Ad

32 cidades do Ceará têm saldo positivo de empregos nos últimos 12 meses

Share This


O município cearense de Várzea Alegre apresentou o maior saldo de vagas de trabalho formal em fevereiro, com 345 postos (Foto: Reprodução)

Das 64 cidades cearenses com mais de 30 mil habitantes, 32 registraram saldo de vagas positivo no mercado de trabalho formal em fevereiro deste ano. O destaque ficou por conta do município de Várzea Alegre, com 356 admissões contra 11 demissões no período, totalizando 345 postos de trabalho. Levando em consideração os últimos 12 meses, a maior geração de vagas foi observada em Quixeramobim, resultado influenciado pela mudança no vínculo de trabalhadores - antes eram cooperados e passaram a ser celetistas - em uma indústria.

De acordo com os dados, que fazem parte do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de fevereiro, divulgado pelo Ministério do Trabalho, apenas na cidade de Quixeramobim, o saldo de vagas formais em 12 meses ficou positivo em 4.824 postos de trabalho, resultado de 5.774 admissões e 950 desligamentos. Nessa base de comparação, também tiveram destaque entre os maiores geradores de vagas de emprego no Ceará as cidades de Morada Nova (873); Sobral (836); Eusébio (587); Horizonte (525); Caucaia (522); Maracanaú (445); Várzea Alegre (413); Tauá (352) e Acaraú, com saldo positivo de 297 postos.

Apenas em fevereiro deste ano, além de Várzea Alegre, mais ao sul do Ceará, Juazeiro do Norte registrou saldo de 199 vagas no segundo mês do ano. A terceira posição ficou por conta de Tauá (85), seguido por Quixeramobim (71); Morada Nova (66); Paracuru (61); Itapipoca (55); Cascavel (54); Viçosa do Ceará (51) e Amontada, com saldo positivo de 45 vagas.

Apesar de os números positivos na geração de vagas de trabalho terem sido realidade de 50% dos municípios levantados pelo Ministério do Trabalho para a composição do Caged em fevereiro, o Estado encerrou o mês com baixa de 375 postos após ter vivenciado um mês de janeiro com saldo positivo de 1,6 mil vagas, o que não é comum para os primeiros meses do ano. Foi a primeira vez em 16 anos que o Ceará teve geração de emprego formal positiva em janeiro.

Levando em consideração todos os municípios com mais de 30 mil habitantes do País, Quixeramobim figura como o quarto município no acumulado dos dois primeiros meses de 2018 em saldo de vagas (4.323). A cidade cearense fica atrás, apenas, dos números obtidos em São Paulo, cidade que teve o maior saldo do Brasil, com 15.716 vagas, Vacaria, no Rio Grande do Sul (7.015); França, em São Paulo (4.739) e Belo Horizonte, em Minas Gerais, com 4.383 postos.

Contrapartida

Na outra ponta do ranking, outros 29 municípios tiveram um número maior de desligamentos no mercado de trabalho formal que o de admissões, gerando a perda. Os principais municípios que contribuíram negativamente para o saldo de vagas no Ceará em fevereiro foram Limoeiro do Norte (-262); Aquiraz (-204); Aracati (-184); Fortaleza (-165); Horizonte (-120); Eusébio (-117); Sobral (-107); Maracanaú (-100); Paraipaba (-71) e Tianguá, com a perda de 68 postos de trabalho.

Fonte: Diário do Nordeste



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad