Brasil vence Alemanha em primeiro encontro após ´7 a 1´

09:14 Fagner Soares 0Comentários



Gabriel Jesus abriu o placar para a seleção brasileira (Foto: Reprodução/ Notícias ao Minuto)

Brasil e Alemanha voltaram a se encontrar, quase quatro anos após o fatídico 7 a 1 do Mineirão. Desta vez, a Alemanha vestia verde, não vermelho e preto, e poucos remanescentes daquele time arrasador de 2014 entraram em campo.

Diretamente de Berlim, Tite armou um time menos ousado que o da última sexta-feira, contra a Rússia, quando venceu por 3 a 0 os donos da casa na Copa. Fernandinho substituiu Douglas Costa. O volante, hoje no Manchester City, foi um dos envolvidos na roda alemã de Belo Horizonte. 

Com Tite no banco, no lugar de Felipão, e mais uma vez sem Neymar, o Brasil tentou afastar o fantasma daquele jogo que ficou marcado na história das copas: amistoso, times diferente, treinador diferente, estádio diferente, circunstâncias diferentes. Mas era impossível esquecer aquela derrota.

Logo no início, um jogo sem muita criatividade e, apenas aos oito minutos de jogo, um lance de perigo. A Alemanha invadiu a área, mas Alisson saiu bem para defender.

Após poucos lances de perigo para os dois lados, William chegou com perigo aos 36´, cruzou na área e Gabriel Jesus empurrou pra dentro, após um bate e rebate com Kevin Trapp, goleiro alemão: 1 a 0 para o Brasil.

SEGUNDO TEMPO

Na segunda etapa, apenas aos 9´ o jogo ganhou fôlego. E com o Brasil. William chegou chutando, Trapp espalmou e Paulinho arriscou no rebote, mas a bola seguiu para escanteio. Três minutos depois, chute de Coutinho perto da trave e quase o segundo gol.

Na sequência, substituições. Em menos de 10 minutos o treinador alemão Joachim Lowe fez quatro trocas: Sané por Stindl, Goretzka por Brandt, Mario Gómez por Sandro Wagner e Boateng por Sule.

Aos 27, chegou a vez de Tite. Philippe Coutinho saiu para entrada de Douglas Costa. O meia da Juventus conhece bem a Alemanha, após se destacar no Bayern de Munique, e foi a campo para um novo teste com o treinador. 

Daí pra frente, poucas chances pra cada lado e só aos 39´ a Alemanha voltou com perigo ao gol de Alisson. Timo Werner, que substituiu Gundogan, finalizou sem sucesso, após desvio de Thiago Silva, que mais uma vez assumiu o lugar de Marquinhos na grande área do Brasil.

Antes do apito final, um susto. Draxler acertou um bonito chute de fora da área para defesa de Alisson. No escanteio, a zaga afastou.

Com o resultado, o Brasil voltou a vencer a Alemanha. Quatro anos após a pior derrota da história da seleção brasileira para os atuais campeões mundiais, 1 a 0 na casa do adversário. Mesmo sem ter ´pago´ o ´7 a 1´, a vitória não deixa de ser um alívio para jogadores e torcida. 

NoticiasaoMinuto





face

0 comentários: