Globo é condenada a pagar R$ 1,7 milhão por perder bicho em gravação

09:45 Fagner Soares 0Comentários



Cena de Leonardo Medeiros na minissérie ´A Muralha´ (Foto: Nelson Di Rago/TV Globo)

Condenada em ação movida pelo Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP), a Rede Globo efetuou um depósito judicial de 1,657 milhão de reais em um fundo público voltado ao meio-ambiente. O MPSP processou a emissora por perder um gato-do-mato dos dois emprestados ao Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) para a gravações da minissérie A Muralha, entre 1999 e 2000.

A Globo recebeu autorização do Ibama para usar, transportar e guardar dois felinos que estavam sob os cuidados da organização não-governamental Associação Mata Ciliar, de Jundiaí (SP). Contudo, apenas um dos animais foi devolvido à ONG.

Na petição inicial, a promotoria afirmou que a emissora não atendeu ao requisito de confeccionar abrigos com uma ante-câmara e molas para fechamento automático das portas do local, onde os animais ficavam abrigados. Na primeira instância, a Justiça fixou o valor da indenização em 500.000 reais. Depois que a Globo recorreu ao Tribunal de Justiça e ao Superior Tribunal de Justiça, a condenação foi mantida e o valor foi atualizado com juros e correção monetária. 

O montante será revertido ao Fundo Estadual de Interesses Difusos, conforme previsto em lei, devendo ser empregado em projetos de interesse coletivo e difuso, incluindo questões ambientais. Procurada, a assessoria de imprensa da emissora afirmou que não irá se manifestar sobre o caso.

Fonte: Veja



face

0 comentários: