Triagem da Operação Sorriso Brasil é realizada pela primeira vez em Juazeiro - Rádio São Pedro Fm 105,9

Post Top Ad

Triagem da Operação Sorriso Brasil é realizada pela primeira vez em Juazeiro

Share This

Triagem da Operação Sorriso Brasil é realizada pela primeira vez em Juazeiro (Foto: Reprodução/Ascom)


Pela primeira vez Juazeiro do Norte sediou a triagem de seleção para cirurgias gratuitas de correção de lábio leporino e fenda palatina. A ação foi promovida pela Operação Sorriso, na última terça-feira (9) pela maior organização médica voluntária do mundo, presente no Brasil desde 1997.

A seleção aconteceu na Unidade Básica de Saúde do Bairro Pirajá. A parceria firmada com a Prefeitura Municipal, por meio da secretaria Municipal de Saúde, possibilitou o acolhimento de pacientes vindos de diversos municípios da macrorregião do Cariri. Cerca de 40 cirurgias serão realizadas de 11 a 14 de outubro no Hospital São Raimundo, no Crato.

Para a coordenadora de programas da Operação Sorriso Brasil, Fernanda Carbonari, o que a Operação Sorriso defende são as grandes parcerias.

“Sozinho a gente não faz nada. Então temos uma grande vontade de vir e ajudar o município, mas sem o apoio não conseguiria ter feito tudo até aqui. Queria realmente agradecer todo o suporte que nos foi dado. Super importante a parceria com a Secretaria de Saúde, não só pela estrutura para realizar a triagem, mas para encontrar esses pacientes”, comemorou.
quipe que realizou a Triagem da Operação Sorriso Brasil em Juazeiro do Norte (Foto: Reprodução/Ascom Sesau)

Já revendedora de cosméticos Ana Claúdia soube da ação pela internet e levou a filha da cidade de Penaforte para participar da triagem.

“É um momento importante, porque se a gente não correr atrás, a criança vai crescer e vai se reclamar. Quero muito que minha filha seja uma das selecionadas. Vai ser importante para a qualidade de vida dela, e por ser gratuito é bom demais”, disse.

Na triagem, todos os pacientes passaram por avaliação médica gratuita de 9 especialidades: psicologia, enfermagem, cirurgia plástica, anestesia, pediatria, ortodontia, fonoaudiologia, genética e assistência social. Crianças a partir de 6 meses e adultos com fissura labiopalatina, que já tenham operado ou não, puderam participar da seleção.


Por João Boaventura Neto
Miséria.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad