Conheça Jacqueline Braga, a representante do Cariri no concurso Miss Ceará Be Emotion - Rádio São Pedro Fm 105,9

Post Top Ad

Conheça Jacqueline Braga, a representante do Cariri no concurso Miss Ceará Be Emotion

Share This

Jacqueline (faixa vermelha) é prestigiada por colegas durante evento de aclamação como Miss Cariri Be Emotion. (Foto: André Lacerda)

A mais nova Miss Cariri foi aclamada ontem, 7, na Câmara de Vereadores do Crato, e disputará no próximo dia 15 o título de Miss Ceará Be Emotion, na capital Fortaleza. Aclamação é o rito de oficializar a candidata única como representante oficial.

Jacqueline Braga, 21, é universitária, modelo, digital influencer e cearense da gema que ama comer cuscuz. Divide seu tempo entre a Faculdade de Direito, a modelagem e as passarelas. Natural de Antonina do Norte, há anos mora em Crato e estuda em Juazeiro do Norte. Considera-se caririense por paixão.

Em 2016, conquistou o Miss Ceará Latina e chegou a representar o estado no Top 10 da fase nacional da competição. O páreo é duro e o treinamento requer disciplina e dedicação: é necessário domínio da passarela, pose, etiqueta, postura, academia, pilates e alimentação saudável.

Ex-Prefeito do Crato, Ronaldo Mattos, também participou do evento de oficialização da jovem como Miss Cariri (Foto: André Lacerda)


Os tempos do cuscuz ficou para trás. Pelo menos por enquanto. No próximo dia 15, Jacqueline segue para Fortaleza, onde representa o Cariri no Miss Ceará Be Emotion, com fortes chances de seguir para o Nacional, segundo o promoter e guru da área na região, André Lacerda.

Para a moça, o prazer está para além do glamour. "Vejo no mundo Miss uma oportunidade de dar visibilidade ao projeto Amigos em Missão, do qual participo", revela. Fundado em Barbalha, o grupo realiza ações sociais em comunidades carentes de todo o Cariri.

Também há o papel de representação. Meninas de toda a região a procuram para tomar dicas, tirar dúvidas e pedir conselhos sobre ser Miss e ser modelo. "Poder ajudar elas nisso é um sentimento muito bom", diz.

"Ser Miss não é algo sobre beleza", afirma André Lacerda. Para o promoter, é necessário um conjunto de elegância, inteligência e sensibilidade. "E nossa representante tem todas essas características".


Por Alana Soares/Agência Miséria
Miséria.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad