Fortaleza encara o Atlético Cearense de olho na liderança - Rádio São Pedro Fm 105,9

Post Top Ad

Fortaleza encara o Atlético Cearense de olho na liderança

Share This

Volante Derley vem atuando como zagueiro e demonstrando muita desenvoltura em campo (Foto: Reprodução/ Diário do Nordeste)


Após praticamente uma semana em que só treinou, o Fortaleza volta a campo hoje, às 17 horas, na Arena Castelão, contra o Atlético Cearense. A meta do Leão é assumir a liderança do Campeonato Cearense, que hoje pertence ao Ceará Sporting, que ganha do Tricolor nos critérios técnicos.

O técnico do Leão, Rogério Ceni, comandou três treinamentos fechados durante a semana, nos quais escondeu a escalação, que vem sendo constantemente modificada para testar os novos jogadores. O técnico do Leão está dividido em duas situações: entra com um time mais forte, mantendo uma base das partidas anteriores - tendo em vista a luta pela liderança - ou simplesmente mescla de novo a equipe e corre riscos.

Como presume que irá enfrentar mais uma retranca na temporada de 2019, é bem provável que o técnico Rogério Ceni adote a estratégia de entrar com um volante improvisado de zagueiro para facilitar a saída de bola da defesa para o ataque. O treinador tem utilizado essa tática e sempre colocado o cabeça-de-área Derley nessa função. O atleta, aliás, vem desempenhando a função com grande desenvoltura.

Respeito

Antes mesmo que Rogério Ceni confirme a escalação do time do Fortaleza, os jogadores fazem questão de dizer que respeitam muito o Atlético e sabem que não irão encontrar facilidades.

"O nível do Campeonato Cearense está muito forte. O Atlético acabou de se classificar na Copa do Brasil; então é uma equipe muito qualificada. Temos que trabalhar muito para chegar, neste domingo, a fazer um grande jogo e sair com os três pontos", disse o volante Felipe. "A gente briga lá em cima na classificação, e esses três pontos serão muito importantes para nós", complementou Felipe.

O atacante Ederson já atuou em todas as partidas do Fortaleza até então e pode ser poupado para evitar desgaste. O jogador falou sobre seu bom momento na equipe, mas diz que ele não veio por acaso, inclusive uma das razões é ter treinado em separado, durante o período de férias. "Eu me preparei para isso. Passei as férias todas trabalhando, treinando, para que, quando surgisse uma oportunidade, eu pudesse aproveitar. Joguei todos as partidas. Agradeço o professor pela chance. Acredito que conquistei essa oportunidade de jogar e ajudei o Fortaleza a fazer bons jogos".

Rogério Ceni deve lançar mão do meia Dodô e do atacante Marcinho, os dois que chegaram recentemente. Possivelmente, eles devem ficar no banco de reservas, ou pelo menos um deles, no caso Dodô, que está próximo da forma ideal.

No Atlético, o técnico Luan Carlos não poderá contar com o atacante Danielzinho, que recebeu o terceiro cartão amarelo. Uma dúvida na equipe é o atacante Dudu Itapajé, que estava com uma contratura muscular.

O centroavante Valdo Bacabal, ex-Ferroviário, poderá entrar em seu lugar. A equipe eliminou o Joinville/SC da Copa do Brasil e vai motivada para o confronto com o Leão.


Por Diário do Nordeste
Miséria.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad