"Não é de interesse do município encerrar serviços em Hospitais", afirma Secretária de Saúde de Barbalha - Rádio São Pedro Fm 105,9

Post Top Ad

"Não é de interesse do município encerrar serviços em Hospitais", afirma Secretária de Saúde de Barbalha

Share This

Secretária de Saúde de Barbalha esclarece situação de atendimentos básicos no Hospital São Vicente (Foto:Reprodução)


Desde 24 de janeiro deste ano o Hospital Maternidade São Vicente de Paulo não realiza mais consultas básicas e outros serviços do atendimento primário, que devem ser prioridade dos centros de saúde, postos e unidades básicas. 

Segundo a secretária de Saúde do município, Pollyanna Callou, a retirada destes serviços no atendimento do Hospital se deve a decisão do Ministério da Saúde, em portaria Nº 3992, de 27 de dezembro de 2017, que trata do financiamento e da transferência dos recursos federais para as ações e os serviços públicos de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS). 

O problema estava no repasse de aproximados R$ 6 mil do atendimento primário, ainda segundo a secretária, para o Hospital -  que é de categoria de médio e alta complexidade (secundário e terciário) - realizar estes atendimentos.

"Não é do interesse do município encerrar serviços em Hospitais", afirmou a secretária, citando investimentos de R$ 520 mil a mais no orçamento para a instituição filantrópica. "Constatamos a ilegalidade no contrato, que vinha de outras gestões, após conhecimento da portaria Nº 3992 e suas determinações de financiamento, e o contrato foi revogado". 

URGÊNCIA E EMERGÊNCIA CONTINUA

Casos de urgência e emergência devem continuar a receber atendimentos no Hospital São Vicente, especializado em atendimento secundário e terciário, quando há necessidade de intervenção cirúrgica, médica e maior risco de vida.


Por Alana Soares/Agência Miséria
Miséria.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad