Oito mortes violentas no Cariri incluindo acidentes, homicídio, afogamento, coice e choque - Rádio São Pedro Fm 105,9

Post Top Ad

Oito mortes violentas no Cariri incluindo acidentes, homicídio, afogamento, coice e choque

Share This

Rodrigo morreu num acidente com sua moto em Salitre, enquanto Davi foi vítima do coice de um animal em Crato e José Mendes de descarga elétrica em Brejo Santo (Foto: Reprodução)


Caiu de dez para oito o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram duas em conseqüência de acidentes de trânsito, duas vítimas de quedas, uma de coice, um caso de afogamento, outro de descarga elétrica e um homicídio. Segundo levantamento feito pelo Site Miséria, três corpos de Juazeiro e os demais de Barbalha, Salitre, Crato, Caririaçu e Brejo Santo.

Por volta das 18 horas de sexta-feira morreu num dos leitos do Hospital Regional do Cariri (HRC) em Juazeiro o agricultor José Deuvani dos Santos, de 52 anos, que residia no Sítio Farias (Distrito de Arajara) em Barbalha. Ele seguia para sua casa às 11h30min daquele dia quando se envolveu num acidente com naquele distrito. José Deuvani foi socorrido às pressas ao hospital juazeirense, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos.

Às 17 horas de sábado, na CE-292 no Sítio Caldeirão em Salitre, Rodrigo Lima da Silva, de 27 anos, que residia no Distrito de Pajeú em Araripe, pilotava uma moto Honda XRE 300 de cor preta e placa NVF-0397, inscrição de Campos Sales, quando sobrou numa curva perto do Clube Só o Filé. Na queda do veículo, ele morreu no local e o garupeiro Rivaldo Romão Ferreira, de 39 anos, residente em Campos Sales, sofreu fraturas pelo corpo, sendo trazido ao Hospital Regional do Cariri em Juazeiro

Já às 6 horas deste domingo Davi Araújo Nobre, de apenas 3 anos, morreu no Hospital Santo Antonio de Barbalha. Ele morava na Rua Adalgisa Alves Carvalho (Bairro Barro Branco) em Crato, onde foi atingido na cabeça pelo coice de um animal, sendo socorrido às pressas. A criança chegou ao hospital às 17 horas de sábado, mas faleceu pouco mais de 12 horas depois por conta do traumatismo craniano sofrido. Por autorização da família suas córneas foram captadas.

Uma hora depois morreu no HRC João Bezerra Alves, de 48 anos, que residia na Rua Pio IX (Salesianos) em Juazeiro e foi vítima de uma queda. Quase no mesmo horário idêntico fato vitimou naquele hospital a aposentada Antonia Rodrigues Sobrinho, de 84 anos, que residia em Juazeiro e ali estava internada desde que sofreu a queda.

Por volta das 9 horas foi encontrado boiando nas águas do açude do Sítio Olho D’água (Distrito de Miragem) na zona rural de Caririaçu o corpo do agricultor Antonio Rodrigues de Souza, de 46 anos, que era doente mental. Ele morava naquela localidade e estava desaparecido desde a última sexta-feira quando, provavelmente, saiu para tomar banho. O achado se deu por um parente da vítima que já estava à sua procura e a retirada foi feita por militares do Corpo de Bombeiros de Juazeiro.

Meia hora depois, ainda no domingo, José Mendes de Lucena, de 46 anos, teve contato com energia elétrica em sua casa na Rua Olindina Lacerda Cavalcante (Bairro Renê Lucena I) em Brejo Santo e morreu em consequência de uma descarga. Ao ser eletrocutado, ele foi socorrido às pressas por familiares ao Hospital Geral de Brejo Santo, mas não resistiu em virtude de uma parada cardiorrespiratória motivada pelo choque.

A uma hora da madrugada desta segunda morreu no Hospital Regional do Cariri Natalia Ferreira Barão, de 24 anos, que residia na Rua Maria Ana Pereira (São José) em Juazeiro. Momentos antes, num conflito em sua casa, foi lesionada com golpes de gargalo de garrafa no pescoço e no braço desfechados por Carlos da Conceição Silva, o “Esquerdinha” que fugiu. Ele lesionou ainda o marido de Natália no caso Cícero Alves, de 34 anos, igualmente socorrido ao HRC. O casal não tinha passagens pela polícia.


Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad