Diego perde pênalti, mas Flamengo vence a Chapecoense - Rádio São Pedro Fm 105,9

Post Top Ad

Diego perde pênalti, mas Flamengo vence a Chapecoense

Share This

Lincoln, do Flamengo, comemora seu gol durante a partida contra a Chapecoense, válida pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução/ Terra)

Mesmo poupando titulares, o Flamengo segue brigando na parte de cima do Campeonato Brasileiro. O time do técnico Abel Braga recebeu a Chapecoense, nesta manhã no Maracanã, e venceu por 2 a 1, pela quarta rodada da competição no duelo diante de um "mundão" rubro-negro, com o apoio de mais de 61 mil torcedores, recorde de público na competição.

Com o resultado, o time carioca chega a sete pontos e assume a quinta colocação, enquanto a equipe catarinense, com quatro, fica na 12ª colocação. No entanto, a rodada ainda segue com mais seis jogos no domingo e as posições devem ser alteradas.

Aliviado depois de conseguir a classificação no Uruguai às oitavas de final da Copa Libertadores, o Flamengo, no entanto, sentiu o desgaste da partida e da viagem e preservou os titulares - dos titulares, começaram o jogo apenas o goleiro Diego Alves, de volta após se recuperar de uma lombalgia, e o zagueiro Rodrigo Caio.

Vitinho fez o primeiro gol na etapa inical, Lincoln ampliou no segundo tempo e Diego ainda perdeu pênalti. Ainda que Diego tenha saído vaiado ao ser substituído, a penalidade não fez falta, já que a Chapecoense só descontou no final da partida, com o zagueiro Gum, e não teve forças para empatar.

O JOGO

O Flamengo começou a partida em alta velocidade e pressionou o adversário em busca do primeiro gol. A blitz inicial surtiu efeito e, aos sete minutos, Trauco deu belo lançamento de trivela, deixando Vitinho livre para tocar na saída do goleiro e abrir o placar.

O time da casa seguiu superior até o final do primeiro tempo e só não ampliou o placar porque Diego perdeu pênalti no último lance antes do intervalo, quando Lincoln foi derrubado por Bruno Pacheco. O goleiro Tiepo defendeu a cobrança do camisa 10, que no rebote ainda acertou bonito voleio, mas parou novamente no goleiro da Chapecoense. Ele espalmou e a defesa aliviou.

Apesar da chance desperdiçada, o segundo gol não demorou a sair. Aos seis minutos da etapa final, Ronaldo cruzou rasteiro e Lincoln completou de carrinho para o fundo das redes, dobrando a vantagem flamenguista.

Na reta final da partida, a Chapecoense cresceu e passou a buscar o gol de honra, principalmente após a entrada do atacante Rildo, que deu mais velocidade ao setor ofensivo. Já aos 47 minutos, Gum aproveitou cobrança de escanteio pela esquerda e completou de cabeça para descontar, mas não houve tempo para reação maior.

Os dois times voltam a campo pela quinta rodada do Brasileirão no próximo final de semana. No sábado, às 19 horas, o Flamengo visita o Atlético-MG, no Independência, em Belo Horizonte (MG). No domingo, às 16 horas, a Chapecoense recebe o Fortaleza na Arena Condá, em Chapecó (SC). 

Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad