Auxiliar de serviços é a primeira pessoa a tomar vacina contra Covid-19, em Juazeiro do Norte - RÁDIO SÃO PEDRO FM 105,9

Post Top Ad

Auxiliar de serviços é a primeira pessoa a tomar vacina contra Covid-19, em Juazeiro do Norte

Share This

 

Foto: Guto Vital/Agência Miséria

 Maria Auxiliadora Lima da Silva, 44 anos. Auxiliar de serviço da Upa Covid Lagoa Seca foi a primeira pessoa a tomar a vacina contra Covid-19, em Juazeiro do Norte. A vacina foi aplicada, por volta das 8h desta terça-feira (19), na Upa Covid Lagoa Seca pela secretária da Saúde de Juazeiro, a enfermeira Francimones Albuquerque.

Em entrevista ela disse que a emoção é muito grande em tomar a vacina. “Só em saber que essa vacina veio para dar saúde para a gente não pegar a Covid; vai dar tudo certo”, comemora.

Imunização contra Covid-19 em Juazeiro do Norte (Guto Vital/Agência Miséria)

Ela é natural de Juazeiro e afirma que nunca teve medo de pegar a Covid. “Não tenho medo por amar minha profissão e sou muito católica”, diz a moradora do Bairro Betolândia destacando que trabalha na Upa Covid Lagoa Seca desde o início da pandemia.

O prefeito Glêdson Bezerra esteve no ato onde foi aplicada a primeira vacina e conversou com a reportagem do site Miséria.

“Inegavelmente para quem está vivendo nos últimos tempos tanto sofrimento, nós tivemos registros de tantas perdas, vidas, perda familiares, econômicas e toda uma gama de repercussão negativa para a nossa população e quando a gente recebe essa vacina de certo modo é um alento, é uma ponta de esperança que surge”, disse.

“Essa vacinação simbólica tem sentido de dizer que o ser humano sobrevive, resiste, e essa resistência vai perdurar e se Deus quiser e outras tantas unidades haverão de chegar vamos poder, aos poucos, vacinar toda nossa população”, destacou.

O vice-prefeito de Juazeiro do Norte, Giovanni Sampaio, foi vacinado (Guto Vital/Agência Miséria)

Glêdson disse ainda que o município vai continuar tomando providências no sentido de coibir aglomerações.

“A nossa orientação nesse momento é que haja uma ampla conscientização através de vocês que fazem a imprensa no nosso município e Região do Cariri. Nós vamos notificar, vamos nos comunicar através da imprensa, porque essas doses que chegaram são mínimas e o problema ainda está aí. As pessoas ainda estão morrendo por conta dessa doença”, explicou.

“Nós vamos endurecer no sentido de primeiro conscientizar, depois fiscalizar, notificar e penalizar se necessário for. Além disso continuar com a campanha de uso de máscaras, álcool em gel e distanciamento necessário”, finalizou revelando que o município recebe muitas denúncias de aglomerações em Juazeiro do Norte.

Fonte: Miseria.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad